//
DOIDIVANAS

Doidivanas surge em março de 1995, em Pelotas, no Rio Grande do Sul, no sul do Brasil.

doidivanas_rostos_02_semlogo

Os amigos reunidos: dMart, Osório, Felipe e Con6

É formada por um grupo de amigos que curte a fusão do rock com outras tendências musicais. Felipe Mello (vocal), Rodrigo Osório (baixo), Daniel Con6 (guitarra) e Rodrigo dMart (bateria) começam a tocar e compor influenciados por bandas e artistas como Red Hot Chili Peppers, Living Colour, Pearl Jam e Faith No More e bandas e artistas como Chico Science e Nação Zumbi, Almôndegas, Vitor Ramil, Engenheiros do Hawaii, Nei Lisboa, Tangos & Tragédias, Mano Lima, Cenair Maicá, Kleiton & Kledir, dentre outros.

Os primeiros shows acontecem em bares, festas, boates e espaços alternativos. Em 95, a Doidivanas é finalista do Circuito de Rock, promovido pela RBS TV, em Capão da Canoa (RS), e participa da coletânea do Musivale, festival da cidade de Lajeado (RS).

Balada Bovina. Ainda em 1996, participa do festival Moenda da Canção, na cidade de Santo Antônio da Patrulha (RS), com a música Balada Bovina, uma mistura de rock, funk e vanerão. A ótima receptividade da mídia, artistas e público impulsiona o trabalho de composição. A partir daí, a banda intensifica a pesquisa e a mescla do rock com elementos da musicalidade regional gaúcha, brasileira e latino-americana.

capa do CD Liber Pampa (1998)

capa do CD Liber Pampa

Lançam, em 1998, o CD de estréia, Liber Pampa, semeando idéias sonoras que extrapolem as fronteiras geográficas e culturais do Rio Grande do Sul. Com esse disco, a banda realiza mais de 40 shows em todo o RS e no Uruguai. Toca em festivais, feiras, mostras coletivas e outros eventos: Festa da Uva, em Caxias do Sul, Payada – Festival de Arte Crioula do Cone Sul, em Arroio Grande, RS Música, em Porto Alegre, Ato-Show Lagoa Limpa, Acorde! – Festival de Cultura e Arte, Fenadoce e Cabobu – Festa dos Tambores, em Pelotas, Verão com Vida, no litoral norte, Musicanto, em Santa Rosa, Moenda, em Santo Antônio da Patrulha, Circuito Estadual de Música, na serra gaúcha, Festival de Folclore de Minas y Abril, no Uruguai, entre outros. A banda é indicada na categoria revelação no Prêmio Açorianos de Música 99, evento que destaca o melhor da produção musical do estado.

Os músicos viram personagens na HQ/CD Sou de Pelotas, por quê?

Os músicos viram personagens na HQ/CD Sou de Pelotas, por quê?

Música e Histórias em Quadrinhos. Em dezembro de 1999, lança Sou de Pelotas, Por Quê?!, uma parceria da banda com o cartunista André “Alma” Macedo. O projeto é um kit com CD e uma revista de quadrinhos, na qual viram personagens de HQ.

viagem

O álbum Viagem ao Sul da Terra saiu em 2002

Em janeiro de 2002, a banda apresenta seu segundo álbum independente, Viagem ao Sul da Terra. No mesmo ano, toca na etapa final do festival Rock’n’Halls, em São Paulo. O trabalho foi um dos quatro selecionados, dentre mais de 2.400 inscritos no país. A Doidivanas participa do Novo Som do Brasil, quadro do Jornal Hoje, veiculado na rede Globo para todo o Brasil. O álbum Viagem ao Sul da Terra rende dois videoclipes à banda: Bah! e 300 Noites. Em 2003, a música Balada Bovina integra a coletânea Conexão RS, lançada pela Pop Rock FM, na rádio da região metropolitana de Porto Alegre.

Uns Rock. Os integrantes do grupo ajudam a criar e organizar o festival Uns Rock, uma mostra de música independente gerada a partir da lista de discussão oficial da banda na internet.
O evento recebe oito bandas que representam diversos estilos e tendências da cena do rock gaúcho na primeira metade dos anos 2000: Tom Bloch, Irmãos Rocha!, Freak Brotherz, Água de Melissa, entre outras.

No final de 2004, Doidivanas faz parte da coletânea Arte Daqui, produzida pela RádioCom FM, a principal rádio comunitária de Pelotas (RS). O projeto apresenta 20 artistas e traça um panorama da produção roqueira da região. Em outubro de 2005, faz parte da campanha publicitária “Sem Fronteiras” da TIM, empresa de telefonia móvel. A campanha é veiculada em TVs, rádios, jornais, cinemas e outdoors.

Em 2008, chega a vez do disco Nosotros

Nosotros. Em maio de 2008, a Doidivanas lança seu novo projeto: o álbum Nosotros. O repertório inclui compositores e bandas brasileiros e latino-americanos como Almôndegas, Nei Lisboa, Mano Lima, Sui Generis (banda de Charly Garcia), Nelson Coelho de Castro, Cenair Maicá, Mário Barbará, Atahualpa Yupanqui, Daniel Viglietti. A pesquisa do repertório foi realizada em parceria com o compositor Edu daMatta.

Em 2009 e 2010, a banda abriu espaço para trabalhos paralelos. Felipe Mello, vocalista da Doidivanas, trabalha em seu primeiro projeto solo: o AeroFlip. Um disco que reúne composições próprias e de amigos (inclusive, Rodrigo dMart), que será lançado em 2013.

Já o baterista Rodrigo dMart desenvolveu o projeto de afro-metal, pesquisa de ritmos e elementos afro-brasileiros mesclado ao rock e funk, com a banda The Dancing Demons, entre 2008 e 2010.

CDs

  • Liber Pampa (1998, Pampa Without Frontier) – Indie
  • Sou de Pelotas, Por Quê?! (1999, I’m From Pelotas, What’s Up?!) – Indie
  • Viagem Ao Sul da Terra (2002, Journey to the South of the Earth) – Indie
  • Nosotros (2008, Us) – Usa Records

Vídeoclipes

  • Bah! (2002)
  • 300 Noites (2002)
  • Recuerdos da 28 (rehearsal version, 2008)

Discussão

Trackbacks/Pingbacks

  1. Pingback: Doidivanas – The Bost of the Rock Bagual | IMAGINA - 2013/09/20

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Twitter – dMart

Twitter – Yara

Imagina Conteúdo Criativo no Facebook

%d blogueiros gostam disto: