//
você está lendo / you're reading...
artes visuais, desenho, ilustração, literatura, poesia

Riscos na Parede

Uma das coisas legais de ser adulto é poder rabiscar na parede sem ser xingado pelos pais.

No início do ano, retomei a prática do desenho. Desde guri, sempre curti desenhar. Mas tinha deixado de lado esta labuta por conta da música, do jornalismo e de outras atividades. Não me lembrava o quanto era bacana. É uma verdadeira terapia.

No primeiro semestre, fiz algumas aulas com o mestre/amigo/artista plástico Antônio Augusto Bueno. Além de exercitar o traço e as técnicas, a ideia é criar um híbrido entre a palavra e o desenho.

Nos meus blocos de rascunho, às vezes, as palavras são escritas de maneira tão rápida (algumas anotações, confesso, ficam incompreensíveis) e acabam criando uma composição própria.

Então, no momento, o desenho na parede é um laboratório em constante mutação. Estou registrando as sessões e, aos poucos, vou publicar aqui no blog e no Flickr.

Sobre outro aspecto, o desenho também é uma forma de diálogo. Uma maneira de conversar com os amigos ilustradores e artistas plásticos – como o Indio San e o Antônio Augusto Bueno – principalmente, quando estou elaborando algum projeto em parceria. Às vezes, me frustro por não conseguir explicar o que visualizo na cabeça. Falta técnica. Então, tenho mesmo que me puxar.

Espero que curta os rabiscos. Eu estou me divertindo pra caramba.

Anúncios

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Twitter – dMart

Twitter – Yara

%d blogueiros gostam disto: